Tinnitus

Tinnitus é um barulho na cabeça, o qual não está relacionado a nenhum  factor psiquiátrico. O barulho pode ser ouvido em qualquer parte da cabeça, num dos ouvidos ou em ambos.
Imagine um barulho constante de  campainhas, zumbido e buzina nos seus ouvidos vinte e quatro horas por dia. Esta  doença chama-se ‘Tinnitus’ não pára nunca, está sempre presente. Ninguém  consegue ouvir este barulho, só o próprio, porque ele não vem de fonte externa.  Apesar de só o próprio poder ouvir o barulho, o mesmo não é resultado da sua  imaginação.
A maioria de nós tem sofrido de  tinnitus temporário, talvez por poucas horas, após um concerto ou em qualquer  outra ocasião, em que os nossos ouvidos estão expostos ao barulho.
Tinnitus torna-se um problema quando  o barulho persiste e/ou aumenta. Normalmente o barulho de campainhas no ouvido  irá desaparecer, mas pode também permanecer.
A maioria das pessoas que sofre de tinnitus considera-o muito incómodo e  desconfortável.

tin1

Jovens

Tinnitus é comum em pessoas acima de  40 anos, contudo, tem ocorrido um crescimento significante nos jovens e isso  ocorre também devido ao aumento diário do nível de ruídos, incluindo aqueles  causados pelo uso descontrolado de MP3, iPOD e outros aparelhos de som. Embora a  tinnitus seja mais comum entre vítimas de perda auditiva, qualquer pessoa pode  também sofrer desta doença. É possível também sofrer de perda auditiva  sem contrair, de modo algum, a tinnitus.

Causas de  tinnitus

As causas  mais comuns de tinnitus são a exposição a ambiente ruidosos.

Há cura para tinnitus?

Tinnitus pode manifestar-se de diferentes formas, tais como ruído, som de  campainha, assobio e zumbido. A irritabilidade e desconforto variam de pessoa  para pessoa. Há aquelas que convivem com esses constantes ruídos com certa  facilidade, outras desesperam.

tin2

A carência de ajuda nessa área faz  com que as vítimas de tinnitus procurem algum tipo de alívio através de  tratamento, questionando sobre tratamentos, reclamações e até mesmo curas sem  base científica.            

Embora vários estudos tenham sido  feitos sobre tinnitus, há porém ainda muitos aspectos não esclarecidos e muitos  tipos de cura têm sido feitas sem base científica. A lista de opinião de  tratamento de tinnitus, na televisão, internet e imprensa têm crescido  consideravelmente. “Não faltam opiniões e promessas”,  declara Thomas Lübbert Lübbert do Grupo Local de apoio às vítimas de Tinnitus,  “Freizeichen” in Freiburg, Alemanha.            

Factores tais como psicológicos  fazem parte da vida das vítimas de tinnitus, o que significa dizer que o apoio  e a ajuda de parentes com actividades que envolvam entretenimento e  aconselhamento, nesse processo de tratamento, são muito importantes. “Esses tratamentos funcionam como  tentativa e opção de terapia, o que é bom, mas não há base científica para  os mesmos, segundo o Centro de Tratamento de Tinnitus em Tübingen, Alemanha  (Tinnitus-Care-Centrum).            

O tratamento de tinnitus varia muito  de um país para outro. Na Alemanha alguns médicos recomendam o uso de medicação  para as vítimas, o que deve ser combinado com actividades que envolvam  entretenimento e sessões de terapia. O tratamento alivia a sensação causada  pelo ruído no ouvido, o que torna mais fácil conviver com o problema.         

Consequências de  tinnitus

Tinnitus é uma doença que se apresenta de forma diferente  e há diversos tipos. Os sintomas variam de pessoa para pessoa. Há quem sofra  muito com essa enfermidade, mas também há outras pessoas que aceitam com certa  naturalidade.

tin3

A maioria das vítimas  de tinnitus experimenta várias reacções psicológicas chegando a afectar o seu  dia-a-dia. Algumas delas têm informado terem sofrido muito de problemas  emocionais e depressão e sentem que toda a sua vida gira em torno da doença.  Elas temem que o ruído aumente com o passar do tempo e que nunca venha a  desaparecer. Sentem-se também solitárias e deixadas de lado por causa desse  problema. Outras pessoas têm grande dificuldade em concentrar-se, uma vez que convivem diariamente com um som irritante no ouvido e isso aos poucos  vai retirando toda a energia.

Ruído e silêncio perturbadores

Muitas vítimas de  tinnitus não gostam de ambientes calmos, uma vez que isso só aumenta seu  tinnitus. Outras acham que estar em ambiente com ruídos é extremamente  desconfortável, o que prova que tinnitus pode surgir (incomodar) de diferentes  formas.

Problemas comuns nos pacientes de tinnitus:

  • Sonolência
  • Problema  de audição
  • Desespero,  frustração, depressão
  • Dor  de cabeça
  • Dificuldade  de concentração
  • Aborrecimento  e irritação com facilidade
  • Hyperacusis  — situação em que a alta frequência do som pode causar dor

Tinnitus e as suas causas

Das diversas causas de tinnitus, a mais comum é a exposição  a ambiente ruidosos.

tin4

Trabalhar em ambientes ruidosos,  durante muitos anos, sem protecção auditiva aumenta o risco de contrair  tinnitus e até mesmo perda auditiva.  Actividades voltadas para o lazer  pode causar tinnitus e essas actividades incluem o uso abusivo de MP3 e  instrumentos musicais. 

Estrelas de rock e músicos mais  antigos sofrem normalmente de tinnitus e isso ocorre pelo fato deles terem passado  anos de suas vidas em frente a gigantescos alto-falantes, sem protector de  ouvido. Concerto, onde há alto nível de barulho, é sempre um local perigoso, o  que é aconselhável usar protector auricular (tipo plugs) quando se estiver  nesses ambientes ou em actividades em que haja muito ruído.

Pessoas que usam  arma de fogo correm também alto risco de contrair tinnitus.  É comum as pessoas ouvirem zumbido,  ou toque de sino quando se encontra exposta a excesso de ruídos e quando isso  acontece recomenda-se a procurar ambientes mais calmos ou usar protector de  ouvido.

Uso de protector  auricular

O uso de protector auricular ou  outro protector de ouvido previnem frequentemente contra tinnitus, sem o qual o  ruído pode ser excessivo e prejudicial. Deve-se sempre usar um protector  auricular quando a pessoa se encontra exposta a barulho e ruídos mesmo que  esses ruídos aparentemente não sejam desconfortáveis. Perda auditiva  frequentemente não causa dor e o resultado mais comum é o tinnitus. Você deve também ter em mente que os  efeitos prejudiciais da célula ciliada, no ouvido interno vão sendo acumulados  com o passar do tempo e com exposição constante a excessivos ruídos. Nessas  condições, a probabilidade de se desenvolver perda auditiva e tinnitus é grande  e isso pode ocorrer com bastante rapidez, até mesmo num simples acidente ou  exposição a grandes ruídos, como fogo de artifício e outras explosões ou tiro  com armas de fogo.

Outras  causas

Dentre outras causas de tinnitus, pode citar-se:

  • Perfuração no ouvido
  • Dose excessiva de medicamento, como por exemplo  aspirina
  • Stress
  • Excesso de cera no ouvido (cerúmen)
  • Infecção no ouvido
  • Idade
  • Doença de Menièrè
  • Trauma craniano
  • Fístula perilinfática (uma ruptura traumática situada  no ouvido interno)
  • Tumores
  • Disfunção da articulação temporomandibular (alteração  da articulação que liga o maxilar à mandíbula).