Aparelhos Auditivos

Como melhorar sua qualidade de vida

Aparelhos auditivos trazem alegria de volta a sua vida

Estudos comprovam que a perda auditiva afecta a vida quotidiana: mais da metade das pessoas que não usam aparelhos auditivos entrevistadas dizem sentir-se um pouco solitárias e sentem uma redução substancial na sua qualidade de vida.

Aparelhos auditivos bem aplicados e ajustados têm uma influência comprovadamente positiva na sua qualidade de vida. Usar um aparelho auditivo diariamente traz a alegria de volta a sua vida.

Está provado que a perda auditiva tem um forte impacto na qualidade de vida  de quem sofre deste problema. Ao afectar a comunicação com os outros, ela conduz frequentemente ao isolamento social, a estados de ansiedade, instabilidade emocional e até depressão.

Mas estudos científicos demonstram também a relação entre a perda auditiva e problemas de nível cognitivo, tais como a degradação da memória e a fadiga mental.

Os mesmos estudos comprovam ainda que muita da tecnologia incorporada nos modernos aparelhos auditivos atenua estes problemas e melhora significativamente a qualidade de vida dos pacientes.

Os benefícios do uso de aparelho auditivo

Segundo estudos feitos em sete países, há muitas vantagens do uso de aparelho auditivo,

Apar. Auditivos

As pessoas que usam aparelho auditivo demonstram, em geral, uma grande satisfação com o uso desse aparelho, o qual é muito útil no ambiente de trabalho. Os utilizadores de aparelho auditivo sentem-se menos cansados que os não utilizadores. Temos que salientar que o uso de aparelho auditivo varia de um país para outro. Estas são algumas das conclusões das sete pesquisas feitas pela Euro Trak e Japan Trak, em 2012, as quais foram realizadas na Itália, Reino Unido, França, Alemanha, Suíça, Noruega e Japão.

Utilizadores satisfeitos

Até 84% dos utilizadores de aparelho auditivo estão satisfeitos com os seus aparelhos e de acordo com uma pesquisa feita em sete países, a percentagem de pessoas que estão satisfeitas com seus aparelhos auditivos variam de um país para outro. Em seis países europeus o índice de satisfação varia de 84% na Suíça para 70%  na Itália. Em geral, oito entre dez  pessoas estão satisfeitas com seus aparelhos auditivos e afirmaram estar muito satisfeitas, satisfeitas e um pouco satisfeita com seus aparelhos auditivos. No Japão, a situação foi diferente, apenas 36% disseram que estão  satisfeitas com o uso desse instrumento.

Uma pesquisa semelhante feita nos Estados Unidos, em 2008 pela MarkTrak VIII mostrou que 74% dos usuários americanos estavam satisfeitos com seus aparelhos auditivos.

Cansaço

O estudo mostrou que entre aqueles que têm perda auditiva significante e que não usam aparelho auditivo, cerca de 60%, declararam sentir-se cansados com frequência à noite, enquanto que aproximadamente  40% dos que usam aparelho auditivo disseram o mesmo.

Quando se trata de cansaço mental, cerca de 50% dos que têm perda auditiva significante e não usam aparelho auditivo afirmaram sentir-se cansados com frequência, à noite, enquanto que apenas 30% dos que usam aparelho auditivo disseram o mesmo.

Útil no ambiente de trabalho

Na pesquisa realizada, nove dos dez usuários de aparelho auditivo disseram que seus aparelhos são muito úteis no ambiente de trabalho. As pessoas envolvidas na pesquisa responderam a seguinte pergunta: “Quão útil é o aparelho auditivo no ambiente de trabalho? ”e cerca de 60% afirmaram que acham o uso de aparelho auditivo muito importante, enquanto 30% acharam que este tem alguma importância.

A variação do uso de aparelho auditivo

De acordo com a pesquisa feita em sete países, a percentagem de pessoas com perda auditiva  e que usam aparelho auditivo  varia entre  42,5% na Noruega e 14,1% no Japão.

No Reino Unido, o uso de aparelho auditivo é quase que o dobro da Noruega, ou seja 41.1%. Ambos os países têm um sistema em que aparelhos auditivos são fornecidos para pessoas com perada auditiva através do sistema de saúde público.

Na Suíça, 38% das pessoas que têm perda auditiva usam aparelho auditivo e na França a percentagem é de 30,4%.

Os dados foram publicados num artigo sobre EuroTrak e JapanTrak numa pesquisa realizada em 2013, The Hearing  Review March 2013.

Utilizadores de aparelhos auditivos, estão satisfeitos

Até 84% dos utilizadores de aparelho auditivo estão satisfeitos com seus aparelhos, conforme uma pesquisa realizada. 

Avô e netos

Dados de sete países mostram que a percentagem de pessoas que estão satisfeitas com seus aparelhos auditivos variam de um país para outro. Em seis países europeus a satisfação varia de 84% na Suíça para 70% na Itália. Em geral, oito de dez usuários estão satisfeitos com seus aparelhos auditivos, entre eles, alguns estão muitos satisfeitos,  outros satisfeitos e outros relativamente satisfeitos.

Uma pesquisa semelhante realizada nos Estados Unidos em 2008 (MarkTrak VIII) mostrou que 74% dos usuários de aparelho auditivo estão satisfeitos com seus aparelhos.

Idade e uso de aparelho auditivo

O estudo também mostrou que quanto mais novo for o aparelho auditivo e mais horas de uso forem utilizadas, maior será o grau de satisfação do utilizador. A pesquisa foi realizada na Itália, Reino Unido, França, Alemanha, Suíça (Suíça), Noruega e Japão, em 2012. Os dados foram publicados num artigo sobre EuroTrak e JapanTrak numa pesquisa realizada em 2013, The Hearing  Review March 2013.

Utilizadores de aparelho auditivo cansam-se menos. 

Pessoas com perda auditiva que usam aparelhos auditivos sentem-se menos exaustas à noite, que os não utilizadores.   

 45928_396953473722700_854645421_n

Pesquisas realizadas em sete países com pessoas com perda auditiva mostram que usuários de aparelho auditivo sentem-se menos exaustos fisicamente e mentalmente à noite que os não usuários.

Cansaço físico

Entre as pessoas que têm perda auditiva significante  e não usam aparelho auditivo cerca de 60% afirmaram  sentir-se cansadas fisicamente à noite, enquanto que 40% dos usuários de aparelho auditivo disseram o mesmo.

Cansaço mental

Quando se trata de cansaço mental aproximadamente 50% das pessoas que têm  perda auditiva significante e não usam aparelho auditivo concordam que elas sentem-se cansadas com frequência à noite, enquanto que apenas 30% afirmaram o mesmo. As pessoas que foram entrevistadas responderam  seguintes perguntas: À noite eu sinto-me frequentemente cansada(o) fisicamente” e “À noite eu sinto-me frequentemente cansada (o) mentalmente”. Os dados  foram recolhidos dos que” concordam  totalmente” e  dos que “concordam” com as duas opiniões.

Essas e outras  questões foram feitas  nuuma pesquisa realizada pela EuroTrak e JapanTrak na Itália, Reino Unido, França, Alemanha, Suécia, Noruega e Japão em 2012.

Os dados foram publicados em um artigo sobre  o estudo da EuroTrak e JapanTrak na Hearing Review em março de 2013.

Aparelhos auditivos são úteis no ambiente de trabalho 

Segundo uma pesquisa realizada, nove entre dez usuários de aparelho auditivo afirmam que seus aparelhos são úteis no ambiente de trabalho.    

imagesCAEZFS53

Pesquisas realizadas em sete países com pessoas com problemas auditivos mostram que os utilizadores destes instrumentos descobriram que os seus aparelhos auditivos são úteis no ambiente de trabalho. As pessoas envolvidas na pesquisa responderam a seguinte pergunta: “Quão útil é o seu aparelho auditivo, no ambiente de trabalho? ”Aproximadamente 60% das pessoas pesquisadas declararam que  tais aparelhos são importantes, enquanto que cerca de 30% responderam que eles têm alguma utilidade. 

Promoções no emprego

Ainda na mesma pesquisa, cerca de 50% dos que usam aparelho auditivo concordam, até certo ponto, que pessoas com  perda auditiva  que não se submetem a um tratamento têm menor chance de obter uma promoção e não têm o emprego que desejam.

Essas perguntas e outras mais foram feitas pela EuroTrak e JapanTrak na Itália, Reino Unido, França, Alemanha, Suíça, Noruega e Japão,  em 2012.

Os dados foram publicados no artigo  da pesquisa sobre EuroTrak e JapanTrak na Hearing Review (the Hearing Review), 2013.